AGRICULTURA

Comitiva vai a Brasília em busca de

soluções para a crise do leite

Zé Nunes lidera comitiva em agendas nos ministérios e bancada federal

Deputado Zé Nunes coordena grupo de Trabalho sobre a cadeia do leite - Vinicius Reis | Agência ALRS

Deputado Zé Nunes coordena grupo de Trabalho sobre a cadeia do leite

Vinicius Reis | Agência ALRS

Diante da situação de calamidade enfrentada pela cadeia do leite do Rio Grande do Sul, o deputado estadual Zé Nunes (PT) lidera, nesta terça-feira (10), juntamente com o secretário da Agricultura, Ernani Pólo, e representantes do setor, agendas com ministérios e parlamentares em Brasília. O objetivo é cobrar a execução de medidas de curto, médio e longo prazo e alertar que a situação dos produtores se deteriorou nos últimos meses. Integram a comitiva representantes das seguintes entidades: Fetag, Famurs, Sindilat, APIL, Farsul, Fundesa e IGL.

Estão previstas reuniões com o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki, às 14h30; com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, às 16 horas, e com a bancada federal gaúcha, às 17h30. Está sendo gestionado encontro também no Ministério da Indústria e Comércio.

As agendas e demandas foram definidas na última quinta-feira (05) em reunião do Grupo do Trabalho instituído na Assembleia Legislativa, composto por 31 entidades e coordenado pelo deputado Nunes. A cadeia produtiva enfrenta sérias dificuldades em virtude do aumento da importação de leite em pó dos países do Mercosul, em especial do Uruguai.

As propostas do grupo de Trabalho são:

1. Aquisição de 50 mil toneladas de leite produzido por produtores brasileiros e/ou de empresas ou cooperativas (que não importaram leite em 2017) pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento através da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA);

2. Estabelecer cotas de importação de leite uruguaio através do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC);

3. Instituição de política de crédito, com juros subsidiados, para aquisição e formação de estoques de leite em pó para as cooperativas e indústrias que não importem esse produto do Mercosul no Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário;

4. Prorrogação, adiamento e/ou anistia parcial das parcelas a vencer dos financiamentos Pronaf direcionados ao setor leiteiro na Secretaria Especial da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário;

5. Monitoramento, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), das importações e exportações de outros países;

6. Que o Ministério da Fazenda incida sobre Circulação de Mercadorias e Serviços –ICMS e que os estados parem de conceder benefícios unilaterais evitando a guerra fiscal;

7. Adoção de programas de incentivo às exportações de leite pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Texto: Denise Ritter (MTE 5584)

 

 

Publicado em 09/10/2017 às 16:31

Texto: Denise Ritter (MTE 5584)

BANCADA / zenunes

Compartilhar

Deputadas Estaduais

Stela Farias

Líder da Bancada

Stela Farias

Miriam Marroni

Vice-líder Partidária

Miriam Marroni

 

Deputados Estaduais

Edegar Pretto

Presidente da Assembleia Legislativa

Edegar Pretto

Luiz Fernando Mainardi

Vice-líder da Bancada

Luiz Fernando Mainardi

Tarcísio Zimmermann

Líder Partidário

Tarcísio Zimmermann

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada